Pastor é eleito presidente da Comissão de Direitos Humanos

O deputado Marco Feliciano (PSC-SP), pastor da Assembleia de Deus, foi eleito nesta quinta-feira, 7, o novo presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Onze membros da comissão votaram em seu nome e um votou em branco. Em protesto, diversos parlamentares que integram o órgão abandonaram a sessão e não votaram.

A eleição do novo presidente do colegiado estava inicialmente marcada para quarta-feira, 6, mas foi adiada após manifestações de ativistas que entraram na sala da comissão. Por ordem do presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), a eleição do novo presidente ocorreu a portas fechadas nesta quinta.
Em 2011,  Feliciano escreveu em sua página no Twitter que o amor entre pessoas do mesmo sexo leva “ao ódio, ao crime e à rejeição” e que descendentes de africanos são “amaldiçoados”. 
Fonte: Estadão
Sites e Blogs

Deixe um comentário