Parque do Setor “O” é entregue à comunidade

Plantio de árvores marcou a entrega do parque à comunidade. Foto: Ibram

Ceilândia recebeu nessa terça-feira, 23 de outubro, seu primeiro parque recreativo público. O evento de entrega simbólica contou com a presença do secretário da Casa Civil, Sérgio Sampaio, e dos presidentes do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Aldo Fernandes, e da Novacap, Júlio Menegoto, além de representantes da comunidade. No evento, eles e alunos da Escola Classe do Setor “O” fizeram o plantio de dezenas de mudas de árvores nativas do Cerrado, uma forma simbólica de agradecimento e um manifesto de compromisso com o futuro. Para o presidente do Ibram, esse gesto sugere que a comunidade deve assumir o compromisso com a conservação do espaço. “Sem essa parceria, o poder público não consegue manter o parque em condições ideais, pois infelizmente há os vândalos e maus cidadãos”, afirma.

Além da ciclovia e pistas de Cooper, com cerca de dois quilômetros cada, iluminadas e sinalizadas, a área conta também com ambientes de convívio e equipamentos para várias outras atividades de esportes e lazer, como um Ponto de Encontro Comunitário (PEC). Todo o parque está cercado e é contornada por 7,8 quilômetros de calçadas. Essa é a primeira etapa de urbanização do Parque Recreativo do Setor O, que, apesar de ter sido criado oficialmente há 23 anos, ainda não tinha recebido infraestrutura para que pudesse ser bem utilizado pela comunidade.

Administrado pelo Ibram, a área de 10,5 hectares vai continuar recebendo infraestrutura e equipamentos de lazer para utilização por parte da população. À medida que a população for sendo consultada, segundo o presidente do Ibram. As obras foram realizadas pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e a iluminação pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sinesp).  O projeto foi finalizado em maio passado, quando logo foram iniciadas as obras pela Novacap. “A população não poderia esperar mais e finalmente o Ibram, Novacap e Sinesp decidiram que era possível iniciar a infraestrutura”, comentou o secretário Sergio Sampaio, emendando: “a cidade mais populosa do DF ainda não contava com seu parque, mas isso agora foi corrigido”.

Para as próximas etapas de urbanização, estão previstas a construção e implantação de seis unidades de Pérgula retangular, duas Academias de Ginástica Inteligente ( AGI), outro Ponto de Encontro Comunitário, dois Parques Infantis Circulares, duas quadras de futebol de campo sintético, uma de vôlei de praia, duas poliesportivas, duas de Tênis, uma pista de Skate, dois banheiros públicos, dois quiosques (tipo “coreto”) e 109 vagas de estacionamento. O Parque fica na QNO 4/6, e é o primeiro de Ceilândia.

Fonte:

Deixe um comentário