Paraibano desaparece no Aconcágua

2007: Josenildo posa com a bandeira da Paraíba na segunda tentativa de chegar ao cume do Monte Aconcágua  (sphotos-f.ak.fbcdn.net/Reprodução da Internet)
2007: Josenildo posa com a bandeira da Paraíba na segunda tentativa de chegar ao cume do Monte Aconcágua

Em meio a uma temporada marcada pelo mau tempo, um paraibano de 48 anos que tentava chegar ao topo do Monte Aconcágua, na Argentina, está desaparecido. Josenildo Correia da Silva foi visto pela última vez na quarta-feira, quando saiu do acampamento Berlim, a 5,9 mil metros de altitude, última parada antes do ataque ao cume da mais alta montanha das Américas, que está a quase 7 mil metros acima do nível do mar. 


“Ele deveria ter voltado no mesmo dia. Essa parte do trajeto dura, no máximo, 15 horas, mas até hoje não temos notícias dele”, diz Paulo César Bussamara, 44 anos, de Limeira (SP), que viajava com Josenildo e mais três amigos — dois paulistas e um mineiro. Segundo Paulo, aos poucos, os companheiros foram desistindo da aventura por causa do frio, do vento e das tempestades de neve. A temperatura média tem ficado em torno de -17ºC. À noite, chega a -35ºC.

Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário