Operação Trânsito Livre prende agente de trânsito

Foto: Divulgação/MPDFT

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (GAECO/MPDFT) prendeu preventivamente um agente de trânsito do Departamento de Estradas e Rodagem do DF (DER-DF), nesta segunda-feira (23).

A prisão ocorreu durante a terceira fase da operação Trânsito Livre, que investiga um esquema de pagamento de propina a servidores do órgão. Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, um no 3º distrito rodoviário do DER-DF e o outro na residência do suspeito.

A investigação conta com o apoio do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar. Segundo MPDFT, os dados de condutores multados eram acessados por meio do sistema do DER e repassados para que os integrantes do grupo cobrassem propina do motorista.

Três pessoas já haviam sido presas na primeira fase da operação, em agosto. Os operadores do esquema vão responder por associação criminosa e corrupção passiva, já os motoristas que pagaram propina serão denunciados por corrupção ativa. O DER-DF informou que o órgão está cooperando com as investigações do Ministério Público.

Deixe um comentário