Operação da Seops apreende 108 celulares

Uma operação realizada pela Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops) e a Policia Militar flagrou 12 pessoas vendendo celulares sem comprovação de origem, no centro de Taguatinga na tarde desta quinta-feira (13/3). Todos foram liberados porque não havia indício de que a mercadoria fosse roubada.


Os 108 aparelhos, no entanto, foram apreendidos porque os ambulantes não tinham autorização para comercializar em área pública. Além dos aparelhos, outros 833 acessórios, entre baterias, carregadores, capas e fones, foram recolhidos para o depósito da Agência de Fiscalização (Agefis). A Seops informou que os materiais serão devolvidos se os vendedores apresentarem a nota fiscal e realizarem o pagamento de multa referente aos custos da operação.

A Seops e os demais órgãos de fiscalização do GDF devem intensificar esse tipo de ação nos próximos meses. Além de ter a mercadoria apreendida, o ambulante pego enquanto vende mercadorias sem comprovação de procedência pode ser preso por receptação.

Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário