ONU investigará mortes de civis em ataques de drones

Serão analisados 25 ataques realizados contra alvos no Paquistão, Afeganistão, Iêmen, territórios palestinos e Somália, segundo relator

Os 'drones' são considerados indispensáveis na luta contra os talibãs

Os ‘drones’ são considerados indispensáveis na luta contra os talibãs (Joel Saget / AFP)
A ONU lançará uma investigação sobre os impactos dos ataques de drones (aviões não tripulados) sobre civis, informou nesta quinta-feira a rede BBC. A iniciativa responde a uma necessidade de “responsabilização e reparação onde as coisas deram muito errado”, segundo definição do advogado que coordenará a investigação.
Para Ben Emmerson, relator especial da ONU, o aumento “exponencial” do uso da tecnologia dos drones exige a criação de uma estrutura jurídica própria. Ele acredita que, se não for regulado, o uso de drones vai continuar a crescer. A investigação deverá ser encaminhada à Assembleia Geral da ONU até meados deste ano.
O levantamento será realizado com base em 25 ataques de drones realizados em cinco locais: Paquistão, Afeganistão, Iêmen, territórios palestinos e Somália.
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário