Ônibus com estudantes argentinos caiu no Brasil: há 3 mortos

Um ônibus que transportava estudantes do ensino médio da província de Misiones, caiu esta madrugada no Brasil. Morreram dois estudantes e um coordenador. Outras 15 ficaram feridas, algumas em estado grave. 

O ônibus havia partido de Posadas a 14 horas e o acidente ocorreu por volta da meia-noite na BR 285, na altura de San Miguel Mission, no Rio Grande do Sul. De acordo com relatórios preliminares de peritos, o motorista teria sido dormido e derrapado na pista.

O ônibus transportava  69 pessoas : 62 alunos de diferentes escolas secundárias, dois acompanhantes adultos, três coordenadores e dois motoristas. 

Os feridos foram assistidos no local por uma ambulância e transferidos para cidades próximas. Pelo menos dois tiveram que passar por amputações por sofreram ferimentos graves nos braços. 

Veja vídeo do socorro

O ônibus Posadas tinha partido às 14h ontem com destino a Camboriu, Santa Catarina. De acordo com testemunhos de sobreviventes , viajam cerca de cinco pessoas em pé por falta de espaço. E o motorista estava em alta velocidade, tentando evitar os buracos. 

“Eu estava ao lado do piloto (motorista), dormi dois segundos e quando acordei estava ao lado da estrada, eu fui expulso doônibus”, disse um dos coordenadores da viagem.

De acordo com a agência de notícias DyN, o acidente ocorreu a cerca de 500 quilômetros da fronteira com a Argentina, quando o ônibus da empresa de transporte Rio Uruguai caiu em um barranco de cerca de quatro metros, depois de um desvio.

O contador da empresa do Rio Uruguai, localizado em Misiones, Pedro Navas, confirmou que oacidente foi gravado entre 23h30 e zero hora, hoje. 

O gerente disse a DyN que “o ônibus foi contratado pela empresa de turismo Tabay Tours para a viagem para estudantes  de Posadas, Oberá, Puerto Piray e Wanda”, na Argentina.

Carlos Ayala, cônsul argentino em Uruguaiana, disse que os dados poderiam confirmar que houve três mortes e um número de feridos ainda não confirmado. “Estamos tentando reunir informações com as autoridades, os feridos foram distribuídos em diferentes centros, dependendo da gravidade e a capacidade de cuidar de cada caso.” O funcionário explicou que a área do acidente é uma cidade muito pequena e que a rota é geralmente tomada por turistas argentinos. 

Questionado sobre possíveis causas do acidente, o funcionário argentino disse que “como eu disse a polícia, com base em relatórios preliminares de peritos, parece que o motorista teria adormecido.” 

O consulado argentino em Uruguaiana forneceu um telefone para parentes para se comunicar: +55 55 3412-4605

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Fonte:

Deixe um comentário