Odebrecht assina delação premiada e promete devolver quase R$ 7 bi

 
 

A Força-Tarefa da Operação Lava Jato deve concluir hoje (2) a assinatura das delações premiadas de executivos da construtora Odebrecht. A empreiteira já assinou um acordo de leniência, que é uma delação premiada feita pelas empresas.

No documento, a Odebrecht detalha a atuação nos crimes de corrupção investigados pela Operação Lava Jato. E se compromete a pagar multa no valor de 2 bilhões e meio de dólares. Quase R$ 7 bilhões.

Após a divulgação desses acordos, a Odebrecht emitiu uma nota sobre a participação no esquema de corrupção, e disse que reconhece o envolvimento, foi conivente com tais práticas e não as combateu como deveria. E não admitirá que isso se repita.

A expectativa é de que as informações da Odebrecht revelem a participação de mais políticos na Lava Jato. Em março, a Polícia Federal divulgou uma planilha com mais 270 políticos de 24 partidos, que teriam recebido propina da empreiteira.