O mendigo de hoje é o príncipe de amanhã

O livro “Quarto de Despejo” é um diário de Carolina Maria de Jesus, catadora de papel e moradora do Canindé, favela de São Paulo do século passado que, segundo o médium Eliseu Rigonatti, em seu livro “Pelos Caminhos do Espiritismo”, era uma baronesa reencarnada.

Atualmente já desencarnada, numa vida passada, como baronesinha, maltratava escravos. Nesta vida, pela Lei de Retorno, nasceu negra e pobre em Sacramento, Minas Gerais, tendo a sorte de estudar por dois anos no Colégio Allan Kardec, fundado pelo médium Eurípedes Barsanulfo.

Ali, além dos conteúdos comuns a qualquer colégio, eram ministradas lições de alta moral segundo a ética de Cristo. Ética que foi muito valiosa para Carolina enfrentar a vida difícil que teve e ser uma vencedora.

Carolina, como qualquer pessoa que no passado não teve uma vida digna, nesta, teve que passar por um período de expiação para refletir e educar-se. Não se trata de punição de Deus. É o próprio espírito que atrai esta condição para modificar-se. Caso contrário, repetirá a conduta anterior.

É nesse sentido que os orientais ensinam: “O príncipe de hoje é o mendigo de amanhã, e o mendigo de hoje é o príncipe de amanhã”. Assim como o sentimento de indignidade leva o indivíduo a renascer numa vida miserável, o contrário, o sentimento de dignidade, pela Lei do Mérito, leva-o a uma vida muito melhor.

Quando é que um rico nasce pobre na vida futura? Quando, além de desonesto e explorador, não compartilhou com os menos favorecidos. Não há um Deus que castiga ou premia. As pessoas atraem riqueza ou pobreza por se sentirem, inconscientemente, dignas ou indignas. Você, e só você, é o responsável. O que você plantar, colherá.

Aproveite a vida para educar-se, melhorar-se. Você já pensou na quantidade de boas pessoas, com ensinamentos e bons exemplos, que passaram pela sua vida e você nada aproveitou? Finalmente, não condene seus pais. Seja grato. O importante é quais ensinamentos você pode tirar deles e da criação que teve para ser uma pessoa melhor. Aprenda com tudo e com todos e seja o autor da sua vida.

Deixe um comentário