O colesterol é mesmo vilão?

Normalmente, as notícias veiculadas sobre o colesterol e a forma como a maior parte das pessoas fala sobre ele nos traz a ideia de que ele é um vilão para a nossa saúde e que deveríamos nos livrar dele. Será mesmo isso uma verdade?

O colesterol é um lipídeo (gordura) essencial para o nosso organismo. Afinal, ele é constituinte das nossas membranas celulares, precursor de hormônios (testosterona, progesterona, estrogênio, cortisol) e também precursor da vitamina D que tantos benefícios traz para a nossa saúde.

Nossa necessidade diária de colesterol gira em torno de 1000mg, mas apenas 20% disso vem da alimentação. Os outros 800mg são produzidos no fígado. Isso significa que mesmo que você não coma nada que seja fonte de colesterol, seu corpo o produzirá, pois precisamos dele. As fontes de colesterol são todas de origem animal – carnes, ovos, leite e derivados integrais.

treino-corrida-ruaO problema está no excesso de colesterol circulante, seja nos casos em que o corpo produz mais, ou quando o ingerimos em excesso. A forma como o colesterol é distribuído aos nossos tecidos é chamada de colesterol LDL, partícula rica em colesterol. Por ela ser bem pequena, consegue passar pela camada íntima do endotélio dos vasos sanguíneos e, dessa forma, caso essa partícula sofra ação de radicais livres, será oxidada e começará a formação de placas de aterosclerose.

Perceba, então, que o problema não é o colesterol, e sim os radicais livres que ele encontra no caminho. Os fatores que levam a uma produção alta de radicais livres são a poluição, o fumo, a ingestão de bebidas alcoólicas e maus hábitos alimentas.

O melhor a se fazer é consumir de forma moderada os alimentos fontes de colesterol, reduzir os hábitos que aumentam a produção dos radicais livres e escolher alimentos que possam combatê-los, os chamados antioxidantes.

Fonte:

Deixe um comentário