Museu Nacional recebe a história da saúde no Brasil

O Museu Nacional recebe, a partir da próxima quarta-feira (19), a exposição “À sua Saúde”, que conta a história da saúde no Brasil, com pinturas, esculturas, instalações, vídeos, performances e anúncios de medicamentos que marcaram a vida dos brasileiros.

 

A exposição é uma produção da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com apoio da Secretaria de Cultura do DF, e ficará no Museu até 30 de março, sempre de terça a domingo, das 9h às 18h30. A entrada é franca.

 

Entre os nomes de destaque da mostra estão Adriana Varejão, Bispo do Rosário, Jac Leirner, Cildo Meireles e Eder Santos, entre outros.

 

Quem for até o local poderá relembrar, por exemplo, o “Bê-á-bá, Bê-é-bé, Bê-i-Bi…otônico Fontoura!”, jingle do tônico que foi eternizado pelo personagem Jeca Tatuzinho, criado por Monteiro Lobato no início do século passado para divulgar o produto que prometia combater sintomas como a falta de ânimo e o cansaço.

 

Considerado o autor mais prestigiado da literatura infantil brasileira, o escritor foi apenas um dos artistas que, ao longo de sua trajetória, utilizou a arte para dar voz à saúde.

 

“À sua Saúde” pretende exibir, de forma lúdica e interativa, a história da saúde no Brasil, país que ocupa o 6º lugar no ranking mundial de consumo de medicamentos. Segundo a Anvisa, o país chegará à 4ª posição já em 2016.

 

Para disputar a preferência dos consumidores de medicamentos, a publicidade é uma forte aliada. E os anúncios que fizeram história no país poderão ser conferidos na mostra, assim como a evolução dos rótulos de alguns produtos, que mostram as tendências do design de cada época.

 

Com curadoria de Daiana Castilho Dias e Polyanna Morgana, a exposição foi concebida com o objetivo de mostrar ao público brasileiro a importância de um tema que não trata apenas de saúde pública, mas ensina muito sobre o próprio ser humano.

 

NÚCLEOS – A exposição é dividida em dois núcleos: Histórico e Contemporâneo. O Núcleo Histórico está dividido em três eixos temáticos: Cura Xamânica, Cura Tradicional e a Cura pela Fé.

 

Um dos pontos altos da instalação, que faz parte do módulo Cura Tradicional, é a área “Cheiros do Pará”, indispensáveis na indústria da cosmética brasileira e que poderão ser experimentados pelos visitantes. A evolução dos medicamentos no país também será exibida.

 

Serviço

À Sua Saúde

De 19 de fevereiro a 30 de março

Local: Museu Nacional

Visitação: De terça a domingo, das 9h às 18h30

Entrada Franca

Fonte:

Deixe um comentário