Muricy elogia Marcelo Moreno, mas lamenta valores do negócio: ‘Difícil’

A tentativa do Santos de contratar o atacante boliviano Marcelo Moreno, do Grêmio, esbarra principalmente no alto salário do jogador. Após acertar com sete reforços, o clube não tem dinheiro para fazer novo investimento. Por isso, nesta sexta-feira à tarde, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, o técnico Muricy Ramalho admitiu que a negociação é inviável.

A informação que chegou aos dirigentes do Alvinegro era de que Moreno recebia cerca de R$ 400 mil mensais, mas na verdade somando luvas e salários o valor chega a aproximadamente R$ 500 mil.

– Ele é um grande jogador, mas pelo salário fica complicado. No nosso orçamento fica difícil (encaixar), a não ser que o Grêmio abra mão de alguma coisa. Se ele viesse seria excelente, pois é um grande jogador.

Nascido na Bolívia, Moreno tem dupla nacionalidade, pois seu pai é brasileiro. Por isso, segundo o próprio jogador, ele não conta como um atleta estrangeiro, algo que confundiu Muricy. Como cada clube só pode relacionar três atletas do exterior em uma partida, o Santos procura um centroavante brasileiro, pois tem o trio argentino Patito Rodriguez, Miralles e Montillo.

– A dificuldade é que ele (Moreno) é estrangeiro. Estamos tendo dificuldades porque nos oferecem atletas estrangeiros, e estamos dando preferências aos jogadores brasileiros. Está difícil, pois algum time sempre leva oferecendo mais. Está correndo muito dinheiro. Os centroavantes estão empregados.

Fonte: Globo Esporte

Deixe um comentário