Mulheres no mercado de trabalho

A presença das mulheres no mercado de trabalho, na região metropolitana de São Paulo, aumentou em 2012 para 56,1%, resultado um pouco acima dos 55,4% registrados em 2011. A taxa de desemprego feminina ficou estável em 2012 (12,5%), enquanto a masculina aumentou de 8,6% para 9,4%, entre 2011 e 2012. Os dados constam da pesquisa O Trabalho das Mulheres, Mudanças e Permanências, divulgada hoje (6) pela Fundação Seade, centro de análises econômicas e pesquisas do governo de São Paulo.


De acordo com a Fundação Seade, a queda da taxa de desemprego feminino é decorrente do crescimento econômico e do aumento do nível de ocupação. Também reflete as transformações das relações familiares, nas quais o homem não é necessariamente o provedor da família. “As mulheres foram as grandes favorecidas com o crescimento econômico que vem desde 2003, com mais postos de trabalho e mais empregos formais, ao mesmo tempo que seu rendimento não cresceu tanto”, disse a analista da Fundação Seade, Marcia Halben Guerra.
Fonte: Agência Brasil
Sites e Blogs

Deixe um comentário