MTST continua em prédio invadido

Ocupação do prédio na QS1, em Taguatinga (Ed Alves/CB/D.A Press)
Ocupação do prédio na QS1, em Taguatinga

Com base em decisão judicial, os integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), que ocupam um prédio na QS 1, na entrada de Taguatinga Sul, têm até esta segunda-feira (18/2) para sair do local. Até o momento ninguém do grupo manifestou a intenção de sair do prédio, e a polícia não se mobilizou para retirá-los do local.

Ao longo da semana de carnaval, o movimento chegou a interromper o trânsito na Estrada Parque Taguatinga Guará (EPTG) para protestar e resistir à decisão do governo de retirá-los da construção particular. Os integrantes insistem que uma reunião estava marcada para a tarde de hoje, mas o governo não confirma.

 Alguns dos invasores são egressos da ocupação conhecida como Novo Pinheirinho. A reportagem tentou contato com o Governo do Distrito Federal para saber se alguma medida seria tomada caso eles resistissem e continuassem na área, mas até o momento não houve resposta.
Fonte: Correio Braziliense
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário