MP que desonera setores da economia

A Câmara dos Deputados aprova a medida provisória que reduz o custo da folha de salários para dezenas de setores da economia. Emendas aumentaram renúncia fiscal

O setor de reciclagem também vai ter redução de custo das contratações (Zuleika de Souza/CB/D.A Press - 25/8/10)
O setor de reciclagem também vai ter redução de custo das contratações

A Câmara dos Deputados aprovou, com alterações, a medida provisória que estende a dezenas de segmentos da economia brasileira a desoneração da folha de pagamentos prevista no Plano Brasil Maior, programa do governo federal de incentivo à indústria que reduz o custo das empresas com pagamento de funcionários. A proposta aprovada permite que as empresas beneficiadas optem pelo pagamento de até 2% da receita bruta em vez dos 20% de contribuição previdenciária sobre a folha. O objetivo do governo é reduzir o custo das contratações para ampliar o número de vagas e, consequentemente, movimentar a economia interna.

O relator da MP na comissão especial que apreciou o texto, deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), incorporou emendas de parlamentares que ampliaram a lista dos setores beneficiados. Ao todo, quase 400 produtos e serviços foram acrescentados aos já listados no programa do governo, ampliando de 15 para 48 o número de setores beneficiados.


Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário