Mourão: “Presidente reagiu com bastante calma até”

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente em exercício, Hamilton Mourão (PRTB), falou nesta quarta-feira (30) sobre o depoimento do porteiro no inquérito que investiga o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes.

Segundo Mourão, o depoimento é “muito fraco”. Ele acredita ainda que a reação de Bolsonaro não foi exagerada. “Quando a pessoa é atingida de forma desleal, e sabe muito bem que não tem nada a ver com o processo, a pessoa se sente triste. Acho que o presidente reagiu com bastante calma até”, afirmou.

O presidente em exercício defendeu uma investigação “de forma correta” e disse que depoimentos como esse perturbam o andamento do serviço. “Esse assunto é um assunto que não sustenta um interrogatório normal desse cidadão aí. Eu não quero entrar em outros detalhes, porque o inquérito está sendo conduzido pela polícia do Rio de Janeiro e a gente sabe que parte dela, está envolvida nesse crime”, comentou.

Deixe um comentário