Morre um policial militar por mês no DF

Entre o início de 2015 e o mês de abril deste ano, 32 policiais militares do Distrito Federal morreram, o que corresponde a uma morte por mês. A última foi registrada no sábado (13), quando o cabo Luciano Pereira, de 39 anos, foi vítima de um latrocínio em Aparecida de Goiânia (GO). O levantamento feito pelo Correio Braziliense também apontou um número elevado de feridos. Entre 2015 e 2016, foram 246 militares, que representa uma média aproximada de 10 homens por mês.

Luciano Pereira estava em uma padaria quando dois adolescentes de 17 anos o abordaram. Segundo investigações da Polícia Civil de Goiás, eles teriam ido roubar a moto do militar, porém, ao perceberem a arma na cintura, tentaram pegar. O PM reagiu em seguida e entrou em luta corporal com um dos assaltantes, porém, o outro efetuou os disparos. As cenas foram registradas pelo circuito interno da panificadora.

Outro militar de Goiás estava na padaria também teria reagido ao assalto e acertado um dos assaltantes na barriga. Como retaliação, o menor acertou a sobrinha da proprietária da padaria, Eduarda da Silva Galvão, de 18 anos. O cabo da PM, um dos criminosos e a jovem morreram na ação. O caso é investigado como ato infracional análogo ao crime de latrocínio.

Assista o vídeo:

 

 

Fonte:

Deixe um comentário