Moradores fazem vaquinha para manter praça limpa

Praça QNA 32 e 43 Foto Júlio Pontes

Os moradores das QNAs 32 e 43 de Taguatinga resolveram se unir para melhorar a aparência da pracinha que separa as duas quadras. Eles fazem uma vaquinha mensal para manter custear a limpeza do espaço. “É algo que varia de R$ 50 a R$ 70. Depende de quantas pessoas contribuem e com quanto cada uma pode colaborar”, explica o corretor de imóveis Heraldo Queiroz, que está vendendo uma casa na QNA 43.

Ele diz que a praça é bem cuidada e isto valoriza os imóveis de todos os moradores. Na panificadora em frente à casa de Heraldo a atendente Ana Cília, 24 anos, diz que a praça bem cuidada “melhora o movimento, pois as pessoas são motivadas a andarem aqui, já que está sempre limpo”.

José Luiz, perito, morador QNA 27. Foto Júlio Pontes

Abandono – Já na praça entre as QNAs 27 e 39 – onde funcionava, de um lado, um escritório de advocacia e do outro está o Centro de Atenção Psicossocial 2 – a situação é de abandono. “Quando eu tinha mais tempo, cuidava pessoalmente, mesmo sabendo que é incumbência do Estado”, lamenta o morador José Luiz, 54 anos, perito da Polícia Civil, lembrando que, quando criança andou de carrinho de rolemã, e hoje sua mãe, de 88 anos, não pode sequer caminhar na calçada.

Fonte:

Deixe um comentário