Ministro do STF morre em acidente aéreo

A morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros. O relator da Operação Lava Jato estava presente no avião em Paraty, no litoral sul do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (19). Ele deve ser velado no STF e será enterrado em Santa Catarina. As informações são da revista Veja.

De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), equipes do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronátuicos (Cenipa) já está no local tentando acessar o interior do avião, que caiu no mar. O Corpo de Bombeiros do Rio está no local fazendo o socorro e confirmaram três mortes. O avião permanece submerso e a corporação tenta trazer a aeronave à superfície para a retirada dos corpos. Não há informações até o momento sobre um possível quarto passageiro. 

A informação foi confirmada pelo filho do magistrado, Francisco Prehn Zavascki. 

O ministro, responsável pelos casos da Lava Jato, trabalhava na fase final da análise da homologação da Odebrecht, o maior acordo de colaboração da operação. Agora, segundo o regimento interno do STF, o relator é substituído em casos de aposentadoria, renúncia ou morte pelo ministro nomeado para a sua vaga. Com a morte de Teori, Temer será o responsável pela nomeação do sucessor e, o Senado Federal o aprovará conforme maioria absoluta. 

Intimidação

Teori Zavascki era responsável por diversos inquéritos da Lava Jato envolvendo políticos e empresários, mas nunca relatou publicamente qualquer tipo de intimidação ou ameaça. Porém, no dia 26 de maio, uma publicação no Facebook do filho dele levanta dúvidas sobre o medo que a família do magistrado tem de algum tipo de retaliação.

No post, Francisco Prehn Zavascki, que mora no Rio Grande do Sul, afirma que é “infantil” pensar que não haja tentativa de “movimentos” dispostos a interferir nas investigações da Lava Jato. Ele diz, porém, acreditar que “a lei e as instituições vão vencer”. Ao final, uma frase sem muitas explicações deixa a impressão de uma suposta ameaça. “Se algo acontecer com alguém da minha família, vocês já sabem onde procurar”. 

 

Teori Albino Zavascki nasceu em em Santa Catarina, no município de Faxinal dos Guedes, . Ele formou-se em direito em 1972, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Chegou ao STF em novembro de 2012, nomeado por Dilma Rousseff. Também foi ministro do Superior Tribunal de Justiça entre 2003 e 2012. Ele deve ser velado no STF e será enterrado em sua cidade natal. 

 

 

Fotos: reprodução/Facebook

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Fonte:

Deixe um comentário