Ministro das Cidades é o primeiro a deixar governo Temer

Bruno Araújo ficou famoso após dar o último voto pelo impeachment de Dilma na Câmara dos Deputados. Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

Após as denúncias de corrupção e obstrução da Justiça contra o presidente Michel Temer (PMDB), ministro das Cidades decide deixar o governo. Bruno Araújo é o primeiro membro do alto escalão do Executivo a abandonar o barco após crise que se instalou no Planalto.

Bruno Araújo deve comunicar sua decisão ao Palácio do Planalto nas próximas horas. O ministro foi aconselhado a sair por deputados e senadores tucanos. Ele ficou famoso após dar o último voto pelo impeachment de Dilma na Câmara dos Deputados.

Recentemente, Bruno esteve com os governadores de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), e do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB), no anúncio da retomada das obras da usina de Corumbá IV.