Mineradora de Eike sofre grandes prejuízos

A MMX (MMXM3), empresa de mineração do grupo EBX, de Eike Batista, fechou 2012 com prejuízo de R$ 792,4 milhões, 40 vezes maior que o prejuízo de R$ 19,2 milhões registrado em 2011.
A companhia encerrou o ano com receita líquida de R$ 806 milhões, um recuo de 22% na comparação com o R$ 1,035 bilhão de 2011.
Os “impactos climáticos adversos” derrubaram em 11% o volume de minério vendido na comparação entre 2011 e 2012. No ano passado, a MMX vendeu 6,899 milhões de toneladas, contra 7,734 milhões de toneladas no ano anterior.
A companhia fechou o ano com dívida líquida de R$ 2,683 bilhões, quase o triplo – alta de 170% – em comparação aos R$ 992 milhões registrados ao fim de 2011.
Fonte: UOL Notícias (Com Reuters e Valor)
Sites e Blogs

Deixe um comentário