Mineiro chileno está soterrado a 300 metros de profundidade

O mineiro chileno Mario Lopez Torres, 42 anos, está soterrado, a 300 metros de profundidade, desde ontem (25) em uma mina de cobre chamada Vitória, no Norte do Chile. A mina está localizada a 600 quilômetros de Santiago, a capital do país, na mesma região na qual há quase três anos 33 mineiros ficaram soterrados. Equipes de resgate identificaram que Torres está vivo, pois no local há som.
O acidente ocorre quase três anos depois que 33 mineiros ficaram soterrados a 700 metros de profundidade por 69 dias, na Mina de San Jose, no Deserto de Atacama. A operação de resgate do grupo – todos sobreviveram – foi acompanhada com transmissão ao vivo por emissoras de televisão chilenas e estrangeiras.
Torres ficou preso na mina após o deslizamento de terra que obstruiu o acesso ao local. Pelo relatório policial, há integrantes da polícia e dos bombeiros atuando nas equipes de resgate, além de funcionários do Serviço Nacional de Geologia e Mineração e do Escritório Nacional de Emergência (Onemi).
O secretário regional de Atacama, Mauricio Pino, líder do governo na região, disse que “mantém contato” com o mineiro.
Fonte: Agência Brasil
Sites e Blogs

Deixe um comentário