“Meu filho está preso por lealdade a você”, disse pai de primo preso a Aécio

O pai de Frederico Pacheco, primo de Aécio Neves (PSDB-MG), desabafou nas redes sociais contra a prisão do filho no domingo (21). O desembargador aposentado Lauro Pacheco desabafou nas redes sociais: “Ele tem um ótimo caráter, ao contrário de você, que acaba de demonstrar, não”. E concluiu: “Para o bem do Brasil, sua carreira política está encerrada”.

Seu filho, Frederico, foi flagrado em imagens carregando malas de dinheiro da empresa JBS para o senador Aécio Neves pagar os advogados que cuidam de seus processos na Operação Lava Jato, segundo delatores. Apesar de primos distantes, os dois tinham relação próxima. Pacheco foi sócio.

A publicação foi apagada do Facebook. Foto: Reprodução/Facebook

Fonte:

Deixe um comentário