Médiuns e crises econômicas

Em tempos de crises econômicas, os médiuns, especialmente aqueles com sensibilidades aguçadas e ainda não evangelizados, são as pessoas que mais sofrem, porque se deixam envolver pela onda de pessimismo que se espalha pelo país.

Esses médiuns precisam saber que tudo funciona pulsando como o coração. As diástoles simbolizam os momentos de fartura, e as sístoles, os momentos de dificuldades ou de aferição de valores. E tudo deve contribuir para o crescimento. Não se deixe abater.

Acredite que as crises fazem parte da vida das pessoas, das famílias, das instituições e dos países. E todos devem tirar proveitos para seus progressos. Sobre isso, Jesus já tinha advertido: “No mundo tereis tribulações (problemas, dificuldades), mas tendes bom ânimo”.

Quando Chico Xavier se abatia por causa de problemas, Emmanuel pedia que ele visitasse asilos, orfanatos, presídios, lares de pessoas carentes. E Chico sempre saia fortalecido após essas visitas.

Você também pode ajudar a manter o clima elevado no seu trabalho, nas instituições, no lar e com amigos. Se você ainda não é capaz disso, lembre-se que precisa caminhar mais. Os médiuns, espiritualistas e religiosos de uma maneira geral, devem ser luzes onde estiverem. Não entre na onda negativa do mundo. ” O certo é o certo mesmo que ninguém esteja fazendo. O errado é o errado mesmo que todos estejam fazendo”.

Não obstante as crises que afetam a todos, existem as dificuldades particulares, cármicas, que cada um terá que enfrentar. Uns terão problemas com família, outros com saúde, relacionamentos, empregos, etc. E tudo dentro da necessidade de educação da alma.

Não comparar sua situação com as dos demais é sabedoria. Quanto mais facilidade você desequilibrar-se, mais lembrança deve ter de si mesmo, da sua fraqueza. A fortaleza vem da sabedoria conquistada ou a conquistar, e do sentimento de dignidade resultante da forma solidária e inteligente de se viver.

Aprenda com Osho:  “Eu afirmo a você que a vida não é uma prisão, não é um castigo. É uma recompensa que só é dada aos que a ganharam, aos que a mereceram. Será contrário à existência não tornar sua vida bonita. Torne sua vida mais feliz, mais bonita e um pouco mais perfumada”.

Deixe um comentário