Médica de Curitiba sai da cadeia

 ( Henry Milleo/Agência Gazeta do P - 19/02/2013)

A médica Virgínia Helena Soares de Souza foi libertada na tarde de ontem (20/3), por determinação da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Curitiba. Ela, que é acusada de antecipar mortes de pacientes na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Evangélico de Curitiva, vai aguardar o julgamento em liberdade.

A prisão preventiva da médica foi revogada, ela estava detida desde o dia 19 de fevereiro. 

Na sexta-feira (15/3), a Justiça do Paraná aceitou a denúncia do Ministério Público contra Virgínia e outras sete pessoas.

Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário