Mão única em banho-maria

Além da Comercial, a Samdu também vai receber as intervenções de trânsito. Foto: Allan Gabriel
Além da Comercial, a Samdu também vai receber as intervenções de trânsito. Foto: Allan Gabriel

Subiu no telhado a implantação da mão única nas avenidas Comercial e Samdu, em Taguatinga, marcada para começar no dia 18 de junho passado. O governo adiou a medida para recapear as vias antes da mudança do sentido do trânsito. A administração garante que 85% das obras já estão concluídos. Mas ninguém arrisca agendar uma nova data.

 

Empresários são contra

A maior resistência ao projeto vem dos empresários e comerciantes. A Associação Comercial e Industrial de Taguatinga (Acit) apresentou estudo mostrando que a mudança no trânsito deve diminuir o fluxo de veículos e de pessoas nas duas avenidas. A estratégia é adiar a alteração para 2016, para não por em risco o movimento do comércio no período das festas de fim de ano, que já deve ser menor devido à crise econômica.

 

Ainda em novembro

No mesmo diapasão da mão-única em Taguatinga segue a questão da mudança no sistema de registro de empresas no Distrito Federal, que deveria ter entrado em vigor no dia 6 de novembro. Mas o grupo de trabalho liderado pelo secretário de Economia, Arthur Bernardes, garante que concluirá o trabalho para implementação da nova norma ainda neste mês, no mais tardar até o dia 27.


Leia mais:


 Taguatinga apoia o sentido único


População de Taguatinga pede respeito


Fonte:

Deixe um comentário