Manifestantes invadem Ministério da Fazenda

 

Ministério da Fazenda, ao meio-dia, ainda ocupado

Foto: Júlio Pontes

Manifestantes ocupam a Esplanada desde a manhã desta quarta-feira (15). Por volta das 5h, o prédio do Ministério da Fazenda foi invadido por cerca de 200 pessoas, de acordo com a Polícia Militar.  Vidros de várias janelas foram quebrados. Na contagem do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), foram 1,5 mil o número de ocupantes. A manifestação é contra as reformas trabalhista e da Previdência Social.

Por volta das 10h, de acordo com a PM, aproximadamente 5 mil pessoas já ocupavam a Esplanada. A maioria é composta por trabalhadores e sindicalistas que rejeitam as reformas propostas pelo governo Michel Temer.  Servidores do DF também participam, e cobram do Governo do Distrito Federal reajustes de salários e benefícios, além de pagamentos em atraso.

Bandeira simboliza a ocupação

Foto: Reprodução/TV Globo

 

Professores do DF

Por volta das 8h, professores da rede pública do ensino no DF davam início a uma assembleia em frente à Catedral de Brasília. O ato, marcou o primeiro dia da greve da categoria, que cobra do GDF a última parcela do aumento escalonado que foi negociado com a gestão anterior ainda no ano de 2012, com a aprovação da Câmara Legislativa.

O governo alega falta de verbas para quitar a dívida, e os educadores prometem não voltar para sala de aula até que os valores devidos sejam depositados. A categoria também pede reajuste nos valores de tíquetes e isonomia com os demais servidores com nível superior do DF. O governo local já anunciou que cortará o ponto dos professores que não estiverem em sala de aula.

 

Fonte: Metrópolesd.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Deixe um comentário