Mali agaurda reforço militar

A crise no Mali (África) deve se acentuar nos próximos dias com a chegada de cerca de 2 mil militares de países africanos à capital do país, Bamako. Os militares integrarão as tropas da França que combatem os militantes de grupos extremistas islâmicos e apoiam a ação do governo do Mali. Ontem (16), turistas estrangeiros foram sequestrados, supostamente por radicais islâmicos, na Argélia, em reação à ação francesa no Mali.
As forças francesas e do governo do Mali buscarão conter a ação dos grupos radicais islâmicos que ocupam o Norte do país. Desde a semana passada, a França iniciou uma ofensiva militar contra os extremistas.
Fonte: Agência Brasil
Sites e Blogs

Deixe um comentário