Mais um dia de greve no Metrô

População do DF enfrenta mais um dia turbulento no Metrô. Os usuários reclamam que o número de trens circulando é menor do que o determinado pela Justiça.  Segundo a direção do Metrô, ontem os grevistas impediram a entrada dos pilotos na estação sede, em Águas Claras.  O sindicato nega, e afirma que o Metrô não disponibilizou número suficiente de trens. O Governo do Distrito Federal vai pedir ao Tribunal Regional do Trabalho urgência no julgamento da greve.

Fonte:

Deixe um comentário