Luto na saúde suplementar

A perplexidade tomou conta do setor de saúde suplementar com a notícia do falecimento de Edson de Godoy Bueno, vice-presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) e fundador  do Grupo Amil.

Edson de Godoy Bueno

O executivo foi vítima de um infarto agudo, na manhã desta terça-feira (14/2), em Búzios (RJ). “Ele foi um grande líder para o nosso setor. Ao longo de sua trajetória foi visionário e trouxe inovação a esse mercado. No relacionamento com seus colaboradores prestigiou valores como lealdade e generosidade. A FenaSaúde perde um vice-presidente arrojado e preocupado com a sustentabilidade do nosso segmento”, avaliou Solange Beatriz Palheiro Mendes, presidente da FenaSaúde.

Atualmente, Edson Bueno, além da vice-presidência da FenaSaúde, desempenhava a função de Chairman do UnitedHealth Group para a América Latina, e era presidente do Conselho Diretor do Instituto de Estudos em Saúde Suplementar (IESS).  Ele era membro do Conselho do UnitedHealth Group  desde 2012, quando associou-se à organização. Durante esses quatro anos, teve papel imprescindível na sua reorganização e na escolha das novas lideranças. 

Certa vez, o empresário comentou com um amigo que não se via como um homem de sorte. “Acho que sorte é o encontro entre a oportunidade e o preparo. Às vezes, a oportunidade passa na frente do cara, mas ele não é bem preparado para aproveitá-la. Ou então, ele está preparado, mas não reconhece a oportunidade”, Edson de Godoy Bueno.

}

Fonte:

Deixe um comentário