Lula segue preso, a princípio

A juíza Carolina Lebbos, da Justiça Federal do Paraná, negou a soltura imediata do ex-presidente Lula. Em despacho, ela registrou que vai esperar a publicação oficial da liminar e, observando que há uma decisão colegiada do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o tema, pediu manifestação do Ministério Público Federal, que já se declarou contrário à decisão de Marco Aurélio Mello.

Deixe um comentário