Luis Miranda se torna réu por estelionato

Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados

A Justiça do Distrito Federal aceitou denúncia contra o deputado Luís Miranda (DEM), que se torna réu por estelionato. Outras duas pessoas também constam no processo criminal.

Eles são acusados de tentarem quitar uma dívida de aluguel apresentando um cheque falso, crime previsto no artigo 171 do Código Penal. A defesa afirmou que a dívida já foi paga e que “o valor irrisório do cheque impede a configuração do ardil ou meio fraudulento necessário à configuração do crime de estelionato”. O juiz responsável pela ação, João Lourenço da Silva, não acatou a argumentação.

O deputado negou as acusações. “É ato normal com a finalidade de garantir a ampla discussão da acusação e do direito a defesa”, acrescentou Miranda sobre o recebimento da denúncia.

Ele ainda é acusado de uma série de golpes no Brasil e no exterior, por cerca de 25 pessoas. O golpe teria a ver com uma promessa de investimento com lucros muito acima do normal, quando na realidade, o que acontecia era prejuízo.

Deixe um comentário