Loco Abreu deixa Audax Italiano

O atacante Loco Abreu, de 41 anos, rompeu contrato e não é mais jogador do Audax Italiano, do Chile. Ele disputou onze partidas e não marcou nenhum gol. O desempenho do uruguaio vinha provocando ira da torcida. Em abril, ele lançou uma mesa em direção à arquibancada, que o vaiava. Por causa da atitude, pegou dois jogos de suspensão e melou de vez a relação com dirigentes e fãs.

Loco, no entanto, não desistiu da carreira de jogador, e busca um novo clube no próprio Chile.

No Brasil, ficou conhecido pelas cavadinhas nas cobranças de pênalti quando defendia o Botafogo, entre 2010 e 2012. Na equipe carioca, foi campeão estadual em 2010. Teve rápidas passagens por Grêmio, onde jogou ao lado de Ronaldinho Gaúcho em 1998, além do Figueirense e Bangu.

Entre 2010 e 2012, Loco Abreu defendeu as cores do Botafogo. Ele foi campeão carioca de 2010 e caiu nas graças da torcida, principalmente pelo estilo irreverente e pelas cavadinhas nas cobranças de pênalti. Já em 2017, o atacante voltou ao Brasil para defender o Bangu, mas não teve sucesso.

Deixe um comentário