Leilão do pré-sal

A Agência Nacional de Petróleo (ANP) espera arrecadar pelo menos entre R$ 1,5 bi e R$ 2 bilhões com a 11ª rodada de licitações de áreas para exploração de petróleo, disse nesta quarta-feira (13) o diretor da agência Helder Queiroz durante um evento do setor petrolífero no Rio de
Janeiro.
A ANP já registrou o interesse de 36 empresas no negócio. A rodada agendada para maio marcará a retomada dos leilões de áreas de petróleo, que não são realizadas no país desde 2008.
Ele não revelou o nome das empresas, mas afirmou que elas têm perfil generalizado. Entre as que compraram o pacote de dados sobre a rodada estão companhias de 15 países diferentes, incluindo Estados Unidos, Japão e países europeus. Companhias chinesas ainda não manifestaram interesse.
O prazo para aquisição do pacote de dados termina em 26 de março.

Deixe um comentário