Lei cria programa de estágio nas unidades públicas de saúde

Foi sancionada, nesta quarta-feira (16), pelo governador Ibaneis Rocha, a Lei nº 6.667 que cria o programa de estágio nas unidades públicas de saúde do Distrito Federal. Conforme o texto publicado no Diário Oficial, a bolsa estágio é para alunos de cursos de formação profissional para as áreas da saúde.

Os estagiários atuarão em todas as unidades administradas pela Secretaria de Saúde e que ofereçam atendimento ao público. De acordo com o texto, o valor da bolsa será custeado com recursos destinados para os programas de estágio em andamento mantidos pelo Poder Executivo.

“A presença do estagiário das áreas de saúde nas unidades da SES-DF propicia um incremento na sua formação em razão da estrutura de nossa rede, com a diversidade de serviços de média e alta complexidade, além da atenção primária e para a SES, será um reforço singular nas ações de saúde”, pontua a Subsecretária de Gestão de Pessoas, Silene Almeida.

A Lei entrou em vigor nesta quarta-feira e o governo do Distrito Federal tem até 60 dias para regulamentá-la.

A Rede

O Distrito Federal possui 16 hospitais públicos, seis unidades de pronto atendimento, 172 unidades básicas de saúde, 18 centros de atenção psicossocial e 31 policlínicas. Além disso, três farmácias de alto custo localizadas na Asa Sul, Gama e Ceilândia fazem parte da rede.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Deixe um comentário