Lama por água potável

O mercado de filtros centrais de água deve ter se aquecido na primeira semana de racionamento d’água efetivado pela Caesb. A partir da experiência vivenciada por moradores de diferentes quadras do Park Way, pode-se dizer que a Caesb está vendendo lama ao preço de água potável. Barro e água marrom foram o que muitos consumidores encontraram após abrir suas torneiras nos dias que sucederam ao corte do fornecimento.

Quem tentou lavar roupa, viu a máquina de lavar se transformar numa betoneira de enlamear todas as peças. Além dos prejuízos, há, ainda, o medo da conta que vai chegar. Há quem diga que nela estará faturado o ar acumulado na rede de abastecimento que movimentou os hidrômetros.

} else {

Deixe um comentário