Justiça decreta prisão de mais dois PMs envolvidos no caso de mulher arrastada

Em mais uma reviravolta no caso da morte da auxiliar serviços gerais Claudia Silva Ferreira, que teve o corpo arrastado por um carro da polícia após ser atingida por uma bala perdida durante um ação da PM no Morro da Congonha, em Madureira, a Justiça determinou a prisão de mais dois policiais militares nesta quinta-feira. O 1º tenente Rodrigo Medeiros Boaventura, comandante da guarnição que fez a ação que resultou na morte de Claudia, e o 2º sargento Zaqueu de Jesus Pereira Bueno, segundo em comando na mesma guarnição, tiveram a prisão temporária, por 30 dias, decretada pelo juiz Murilo Kieling.
identidade-mulher-arrastada

Fonte:

Deixe um comentário