Jordânia: candidatos tribais se impõem em eleição legislativa

Os candidatos tradicionais tribais devem dominar a Câmara Baixa do Parlamento da Jordânia nos próximos quatro anos, segundo os resultados preliminares anunciados nesta quinta-feira pela Comissão Eleitoral Independente (CEI). O pleito legislativo realizado na quarta-feira foi boicotado pela oposição islamita, sob a alegação de que o sistema eleitoral foi manipulado a favor de áreas rurais tribais, onde estão forças conservadoras e pró-governo.
De fato, os resultados preliminares indicam que os candidatos de origem tribal, grande base de apoio ao governo, obtiveram boa parte dos assentos da Câmara Baixa. Cerca de 1.425 aspirantes, entre eles 191 mulheres, disputaram as 150 cadeiras da Câmara Baixa, os únicos assentos escolhidos por voto popular, já que o Senado é designando diretamente pelo rei Abdullah II.
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário