Investimentos no DF

Em 2012, o GDF acelerou a execução do Orçamento, que atingiu 45% do previsto. Para aumentar esse percentual, governo selecionou projetos, a maioria de infraestrutura, e tem autonomia para alterar destinação de recursos

Publicação: 23/01/2013 06:02 Atualização: 22/01/2013 21:23

Obras de construção do BRT que ligará Gama e Santa Maria ao Plano Piloto: um dos projetos prioritários (Janine Moraes/CB/D.A Press)
Obras de construção do BRT que ligará Gama e Santa Maria ao Plano Piloto: um dos projetos prioritários

Levantamento no sistema de acompanhamento da aplicação dos recursos públicos indica que, nos últimos três anos, o GDF executou menos da metade do que previu para investimentos. Apesar disso, em 2012 o Executivo conseguiu avançar em relação aos exercícios anteriores. No ano passado, destinou menos de 45% do previsto no Orçamento em melhorias (em 2011, foram apenas 30%). Dos R$ 3,5 bilhões estimados e aprovados pelos deputados distritais, apenas R$ 1,5 bilhão virou realidade. O estudo mostra também que a administração petista privilegia melhorias em infraestrutura. Do total, R$ 1,19 bilhão — correspondente a 76% do montante aplicado — foi destinado a urbanismo e transporte.


Em 2010, ano da crise provocada pela Operação Caixa de Pandora, quando o Orçamento esteve sob a gestão de quatro diferentes governadores, o nível de investimentos foi de 39%. Essa proporção foi ainda mais baixa em 2011, no primeiro ano da atual gestão, quando apenas R$ 3 em cada R$ 10 destinados foram aplicados.


Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário