Intervenção artística em Brasília

Artistas tentam incentivar o uso dos gramados brasilienses, propondo novas utilidades para as áreas (Poro/Divulgação)

A dupla de mineiros Brígida Campbell e Marcelo Terça-Nada, do grupo de intervenção urbana Poro, criou “novos setores” para Brasília: Setor da Imaginação, Setor de Picnic, Setor do Ócio.

Os artistas passaram pela cidade no final de 2012 e ficaram impressionados com as características únicas da capital. “Brasília é muito diferente da maioria das cidades do Brasil, é um grande estacionamento, a cultura do carro é muito forte”, disse Brígida. 

Ela também ressaltou como o Plano Piloto parece um grande parque, com prédios sem muros no meio de muitas árvores e espaços verdes.

O que realmente os impressionou foi a quantidade de campos gramados no meio da aridez do Planalto Central, e o fato de ninguém usar essas áreas.

Fonte: Correio Braziliense
Extratos dos Jornais

Deixe um comentário