Internação de jovens infratores

%u201COs internos serão separados por gravidade de infração, porte físico e idade', adiantou o governador (Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Os internos serão separados por gravidade de infração, porte físico e idade”, adiantou o governador

A primeira Unidade de Atendimento da Criança/Adolescente Infrator do Distrito Federal será entregue em julho deste ano, segundo o governador Agnelo Queiroz. A obra, a 2 km após o Complexo Penitenciário da Papuda, será um dos sete centros de acolhimento de menores. 


Agnelo visitou a construção no sábado (9/3), pela manhã, e mostrou empolgação com o trabalho. Com capacidade para 90 adolescentes, a unidade terá espaços para estudo, profissionalização, saúde e será dividido por categorias. “Os internos serão separados por gravidade de infração cometida, porte físico e idade”, explicou o governador. A ideia é ressocializar “ocupando o tempo dessa juventude com dignidade e condições de voltar ao estudo e trabalho”.


Ele aproveitou para criticar o sistema atual de internação: “Essas estruturas tradicionais que estão aqui há anos terminam como uma escola de crime. Não podemos persistir com isso”.


Fonte: Correio Braziliense

Extratos dos Jornais


Deixe um comentário