Integração do transporte coletivo

Começa a funcionar, na segunda-feira (21/1), o novo sistema de integração do transporte coletivo do Distrito Federal. A medida beneficia cerca de 40 mil usuários das 57 linhas de ônibus que fazem o trajeto Ceilândia e Taguatinga com destino ao Plano Piloto, Guará I e II, Octogonal, Núcleo Bandeirante e Rodoviária Interestadual. A partir de agora, o passageiro pagará, pela duas viagens, apenas o valor correspondente ao bilhete do percurso mais longo (ligação), desde que a troca de ônibus seja feita em até duas horas.


Antes, o passageiro dessas linhas – que utilizava dois ônibus para chegar a seu destino – pagava pelo menos R$ 2 pelo menor trecho (circular) e R$ 3, no percurso mais longo (ligação). Agora, ele gastará, no máximo, R$ 3 pelas duas viagens. O prazo para desembarcar do primeiro coletivo e embarcar no segundo é de duas horas. Inicialmente, o serviço ficará disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h; aos sábados, das 8h à meia-noite; e aos domingos e feriados, das 6h à meia-noite.


A expectativa é que, após a avaliação do sistema, o atendimento seja ampliado, inclusive nos horários de pico.


Fonte: Agência Brasil

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário