Integração dinamiza o transporte público


40 mil usuários são beneficiados todos os dias

            Passados 47 dias desde a implantação do sistema de integração no transporte coletivo, o DFTrans avalia como positiva as modificações promovidas para facilitar a vida de quem depende de ônibus.

A integração, que teve início em 21 de janeiro, atende mais de 40 mil pessoas por dia, por meio de 57 linhas que operam fora dos horários de pico.

O novo sistema funciona com 50 linhas saídas de Ceilândia e Taguatinga Norte e Sul que se interligam, no centro de Taguatinga (por meio da troca de ônibus), à outras sete linhas – que tem como destino final a Rodoviária do Plano Piloto, W3 Sul e Norte, SOF Sul (Setor de Oficinas), Rodoviária Interestadual, Guará I e II e Núcleo Bandeirante.

Com a integração, os ônibus que saem do Centro de Taguatinga seguem pela faixa exclusiva e pelas vias marginais da EPTG, diminuindo o tempo médio das viagens em 20 minutos.

Melhorias

            Com o sistema de integração, passageiros que antes ficavam a mercê de linhas que ofereciam poucas viagens, (principalmente nos finais de semana), não precisam mais perder tempo esperando, pois o deslocamento até Taguatinga Centro poderá ser feito pela primeira linha integrada que passar no ponto de ônibus. E, estando em Taguatinga Centro, o passageiro vai poder contar com múltiplas linhas de ligação para diferentes destinos.

Desvantagem

Para utilizar o sistema integrado, os usuários precisam adquirir cartões com os créditos das viagens integradas. No entanto, o passageiro eventual de transporte público coletivo, que necessitar fazer uma viagem esporádica e não possuir o cartão será obrigado a pagar duas vezes a passagem.

Vantagem

O cartão pode ser usado no metrô e em qualquer linha de ônibus do transporte público. Quem já possui algum dos cartões, como o estudantil ou o vale-transporte, não precisa trocar, eles funcionarão normalmente. A recarga é feita nos mesmos endereços de compra.

Horários

A integração funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Sábado, das 8h à meia-noite. Domingos e feriados, das 6h à meia-noite. Segundo o DFTrans, ainda não há previsão de quando o novo sistema funcionará durante todo o período de circulação dos ônibus e nem quando será ampliado para todas as linhas do Distrito Federal.

 

Deixe um comentário