Inflação registra alta de 0,19% em fevereiro no DF

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) em Brasília teve alta de 0,19% em fevereiro, comparada com o mês anterior. O aumento se deve, principalmente, à elevação das mensalidades de escolas particulares no início do ano letivo.

Os dados do índice foram divulgados, nesta sexta-feira (9), pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan). A variação referente à educação em Brasília foi de 3,13 no mês.

O porcentual, no entanto, foi menor do que a média nacional, de 3,89%, e inferior às outras regiões do Brasil. O valor referente a fevereiro de 2018 também ficou abaixo do verificado no mesmo período de 2017 (3,56) e 2016 (6,48).

Outros dois grupos importantes para composição do porcentual de inflação foram transportes e alimentação e bebida. No primeiro, o estudo destaca o aumento da gasolina (3,46%). A variação desse item não foi maior, no entanto, devido à queda de 10,06% no preço das passagens aéreas.

No grupo alimentação e bebidas, que teve variação de 0,2%, o destaque foi para refeição fora de casa, que teve acréscimo de 0,91% e teve peso no índice de 0,057 pontos percentuais.

No acumulado de 12 meses, a inflação registra alta de 3,10%. Saúde e cuidados pessoais, educação, transportes e despesas pessoais pressionaram o aumento.

A Codeplan também analisou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que teve variação de 0,04%, mas que, no acumulado do ano, registrou queda de 0,12%.

O principal grupo para o comportamento da taxa também foi o de educação, com variação de 1,56%. Nesse caso, alimentação e bebidas e artigos de residência tiveram deflação de -0,76% e -2,63%.

Fonte:

Deixe um comentário