Individualismo – Praga do século XXI

Egoísmo e orgulho, necessários no início da História da Humanidade, com o tempo tornaram-se empecilhos ao progresso. Por isso, os homens antigos decidiram pelo viver em sociedade – conjunto de sócios solidários. Porém, uma grande parcela nunca aderiu nem desenvolveu os valores básicos de respeito, honestidade, responsabilidade, solidariedade etc.

É esta parcela refratária e individualista que prejudica sistematicamente seu semelhante. A adulteração de alimentos e medicamentos, a compra de cargas roubadas, a venda de drogas, o troco a mais não devolvido para a pobre caixa, fraudes em licitação, desvios de dinheiro da Educação e da Saúde, descuidos com os filhos, fuga dos postos de serviço por alguns médicos que vão atender em empregos particulares ou em suas clínicas, deixando os pacientes morrerem, são espetáculos diários que presenciamos ou acompanhamos pela mídia.

O outro não importa. O importante é ganhar dinheiro. Mas engana-se quem pensa que possa agir assim impunemente. O cérebro usado para prejudicar, adoece e deteriora-se. Não se pode alegar ignorância, porque “o mundo nunca teve carência de Mestres”.

O mundo sempre teve carência de alunos. “Chame mil. Cem escutarão. Dez caminharão, e apenas um chegará. E Deus é o último item da lista”, ensinam os Mestres do oriente.

Fonte:

Deixe um comentário