Ibaneis manda recado a Moro e Bolsonaro

Após a transferência de Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, chefe da maior facção criminosa do País, o PCC, para o presídio federal da Papuda, em Brasília, o governador Ibaneis Rocha mandou recado para o ministro da Justiça Sérgio Moro, e o presidente da República Jair Bolsonaro de que “Brasília não é lugar para crime organizado”. Ibaneis se mostrou indignado com a situação. Veja:

A transferência ocorreu no mesmo dia que a Polícia Civil do DF prendeu oito pessoas acusadas de integrarem o PCC, no âmbito da operação Continuum. Um caderno de batismo foi encontrado com um dos suspeitos.

Deixe um comentário