Hospital do DF investe em imunoterapia

Aimunoterapia vem sendo utilizada como um tratamento promissor contra diversos tipos de câncer. A técnica estimula o combate da célula tumoral pelo próprio sistema de defesa do paciente. O Hospital do Câncer Ancheita (HCAN) implantou esse método desde outubro de 2017.

O sistema imunitário humano é formado por um conjunto de células e estruturas que atua no combate a infecções ou invasões por substâncias e germes estranhos ao organismo. Esse sistema consegue identificar células mutadas como estranhas, induzindo a morte dessas células.

Com os tumores, no entanto, a célula mutada consegue escapar desse reconhecimento. “A partir do momento em que a ciência descobriu essa atividade da célula tumoral, tornou-se possível o surgimento de medicamentos que consertam esse ‘defeito’ do sistema imunitário, fazendo com que a célula tumoral seja combatida pelo sistema de defesa da própria pessoa.

Esse tratamento chama-se imunoterapia. É um conceito semelhante ao das vacinas, mas de maneira mais específica”, destaca o oncologista Marcos França, responsável técnico pelo HCAN.De forma geral, a ciência já comprovou que os pacientes submetidos à imunoterapia aumentam o tempo de vida e apresentam menores índices de efeitos colaterais.

“A indicação de imunoterapia se faz em cenários específicos e para tumores específicos. O grande benefício dessa terapia é que, no geral, ela tem menores efeitos colaterais do que os tratamentos convencionais e possui melhores taxas de resposta. Mais importante ainda é que um percentual dos pacientes, que oscila de 10% a 20%, pode ter respostas muito além do esperado e por tempo duradouro, gerando taxas de controle superiores à quimioterapia convencional”, ressalta França.

Alguns tratamentos combinam quimioterapia e imunoterapia. Além disso, é possível combinar também mais de um tipo de imunoterapia para tratamento do câncer. Os tumores que se beneficiam dessa combinação são os de pulmão, de rim e o melanoma.

Mais informações e agendamento de consultas no site: www.hcanchieta.com.br.

Deixe um comentário