Homofobia na UnB

Uma estudante de 20 anos foi agredida no estacionamento da Universidade de Brasília (UnB) no fim da tarde de segunda-feira (18). A jovem, que pediu para não ser identificada, contou que foi surpreendida quando caminhava em direção ao carro. “Senti um empurrão e caí no chão. Ele começou a me chamar de lésbica nojenta e a me chutar. Uma hora eu apaguei e só vi ele fugindo”, conta. Apesar de ter sido atacada pelas costas, a estudante diz que é capaz de identificar o agressor, que de acordo com ela, tem entre 20 e 25 anos. 


A vítima diz que sua orientação sexual era conhecida pelos colegas de faculdade e sempre foi aceita.”Nunca sofri ameaça por ser lésbica e nem mesmo me senti hostilizada”, conta. 


A 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte) investiga o caso, mas informa que não dará detalhes sobre o andamento do caso, para não atrapalhar as investigações. Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa da universidade não se pronunciou até a publicação desta matéria.


Fonte: Jornal de Brasília

Extratos dos Jornais

Deixe um comentário